Saiba o que é o Plano de Recuperação de Áreas Degradadas (PRAD) e quando aplicá-lo em sua empresa

ETE na China
ETEs: Saiba como adequar seu negócio ou empreendimento às leis e evitar multas ambientais
11 de junho de 2019
Entenda os benefícios da implantação de um PGRS em sua empresa
11 de junho de 2019

Quando uma empresa ou obra está em processo de licenciamento ambiental, ou está sendo punida administrativamente por causar alguma degradação ao meio ambiente, é requerido pelos órgãos ambientais municipais e estaduais um Plano de Recuperação de Áreas Degradadas – PRAD.

O PRAD é um documento para uso do solo que especifica os danos à natureza e delimita um conjunto de medidas que propiciarão à área degradada um novo equilíbrio. Isso pode vir em forma de recuperação, deixando-a em uma condição não-degradada; ou restauração, restituindo aquele ecossistema ao mais próximo possível de sua condição original.

O planejamento é essencial para auxiliar na gestão ambiental de atividades que envolvem desmatamento, exploração, recuperação de Áreas de Preservação Permanente (AAP) e Reservas Legais (RL).

No Vale do São Francisco, este documento é essencial para empreendimentos imobiliários, implantação de indústrias e empresas em áreas rurais, usinas de energias renováveis, entre outros negócios. A Sanvale Soluções Ambientais atua com planejamento, execução e gestão do PRAD, fazendo desde a inspeção da área recuperada, estabelecimento as medidas corretivas e preventivas, execução destas ações e monitoramento.

“A recuperação de qualquer área de vegetação nativa, como é o caso da caatinga em nossa região, resulta em enormes benefícios não só ao meio ambiente, mas para toda a sociedade”, destaca Rogério Ribeiro, CEO da Sanvale.

Sua empresa precisa de um PRAD? Converse agora com nossa equipe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *