Menos resíduos, mais produtividade

em em Gestão Ambiental

Quando se fala em produtividade nos tempos de hoje, se faz necessário estar bem atualizado com as novas tendências de mercado, bem como as novas tecnologias e formas de organização, principalmente as colaborativas. Seguir a literarura tradicional de produzir mais com a mesma quantidade de recurso já não é suficiente.

 

Para conseguir um aumento de produtividade em uma organização, seja prestadora de serviços ou de produção de bens de consumo, deve-se primeiro focar em alguma vertente. Uma sugestão é analisar quais os gargalos, ou seja, quais as etapas que mais limitam essa empresa em alcançar níveis mais elevados de atendimento ao cliente. Escolhido o gargalo, a etapa agora é levantar as causas deste, sugerir e implementar práticas que possam eliminar, se possível, ou ao menos reduzir esse processo que está limitando o negócio de atingir melhores resultados. Vale lembrar que todo esse esforço deve ser feito com a participação de pelo menos um integrante de cada setor da empresa, para que as avaliações e ações não sejam limitadas. Esse tipo de metodologia auxilia em um novo olhar para dentro da empresa e, consequentemente, reduzir etapas limitantes bem como a redução do disperdício. 

Na busca pelo ideal, pelo ótimo, é possível reduzir os impactos ambientais causados pelos processos produtivos e seus resíduos resultantes. Certamente essa não é uma tarefa simples.

Uma vez que os resíduos foram gerados, é preciso pensar na sua destinação, que deve ser realizado da forma correta, ou seja, que cause o menor impacto ambiental possível. Uma forma de proceder com essa destinação é terceirizando, ou seja, contratando uma outra empresa especializada. Dessa forma a organização foca seus esforços no que mais agrega valor em seu negócio.

Então vamos repensar nosss processos? Vamos focar no que realmente agrega valor ao cliente? E, acima de tudo, vamos reduzir o impacto ambiental causado por tudo isso?

 

 

Helder Paiva 

Engº de Produção

Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Visitante Domingo, 18 Novembro 2018
Powered by EasyBlog for Joomla!